Como abrir seu negócio: Buffet infantil

Olá bom dia a todos, uma boa sexta-feira 13 e nada de azar heim?! No post de hoje, vamos trazer uma serie de informações e dicas importantes para quem quer montar um buffet infantil.

Há pouco menos de quinze anos, existiam poucos buffets especializados em festas infantis no Brasil. Atualmente, há aproximadamente 500 somente na cidade de São Paulo, concentrados principalmente em bairros como Moema e Itaim, porém com o crescimento do segmento, todas as regiões possuem buffets infantis, geralmente concentrados em bairros de classe média e alta.
O crescimento pode dar a impressão que se trata de um negócio de sucesso garantido. Mas, por se tratar de um investimento inicial, de em média R$ 500 mil é um negócio de alto risco e por isso algumas precauções precisam ser tomadas.

Como abrir o buffet

O primeiro passo é escolher um bom ponto. Bairros residenciais de classe média e classe média alta oferecem melhores oportunidades. Outra boa dica é procurar local com uma ou mais escolas nas proximidades. Em regiões que já têm um grande número de buffets, trata-se de uma faca de dois gumes: é um sinal que o bairro é favorável ao negócio, mas significa também uma concorrência maior.

É preciso iniciar os contatos com fornecedores antes mesmo de o buffet abrir as portas. É importante ter alguém de absoluta confiança – tanto em relação à qualidade quanto ao prazo – para produzir doces, salgadinhos e o bolo. Você tem a opção de fazê-los, existem empresas que vendem máquinas especializadas que fazem salgadinhos, caso contrário é necessário ter no mínimo três fornecedores para salgadinhos e dois para bolo. Geralmente os buffets já se equipam com cozinha onde preparam também os docinhos.

Também é necessário contatar empresas que loquem cenários e brinquedos. No início do negócio, provavelmente, a maior parte dos equipamentos será alugada, na maioria games e brinquedos eletrônicos. Com o tempo, o buffet vai adquirindo mais coisa, os brinquedos mais comuns como cama elástica, piscina de bolinhas e os infláveis são investimentos que o buffet terá que fazer.
Neste tipo de negócio, a propaganda boca-a-boca é muito importante. Mas, é preciso investir também em publicidade. A Internet é comprovadamente o melhor local para anunciar seu buffet, atualmente a procura por bens e serviços na rede cresce 30% ao ano.
Entre outras vantagens, anunciar na Internet possui relação custo benefício muito mais vantajosa para seu buffet infantil, pois a publicidade custa muito menos que numa mídia impressa e está disponível 24 horas por dia, sete dias por semana a disposição do consumidor final, as estatísticas comprovam que o público que procura por um buffet na Internet, é mais focado e quando faz uma busca por algum serviço tem realmente intenção de contratá-lo.
Um bom site, também ajuda muito; precisa ser atrativo, de fácil navegação e conter informações dos tipos de festas e pacotes oferecidos, com fotos do ambiente e brinquedos que o buffet oferece. Serviços como orçamento online e convites virtuais também ajudam a valorizar o site e atrair o consumidor.


Outro ponto importante é o atendimento, os funcionários que fazem o atendimento nas festas tanto os garçons, como os monitores têm que ser muito bem treinados para que possam atender com qualidade os seus clientes.
Hoje alguns buffets para se diferenciarem no mercado e atraírem mais clientes apostam na inovação, montam verdadeiros cenários dentro de seus espaços, com fachadas que são verdadeiras obras de arte, tudo isso para que a festa se torne inesquecível para a criança.
O ideal que a casa possa atender de acordo com a demanda do mercado, quer dizer possa se transformar com facilidade em um local, se for o caso para atender festas de teens também, pois o risco do negócio é grande.

Dicas importantes
· É preciso estar disposto a trabalhar em finais de semana e feriados, dias de maior movimento.
· Se o aniversariante tiver menos de seis anos, é certeza que os pais estarão junto. Atenção especial – comida e bebida – para os adultos.
· Se a festa for de uma criança mais velha ou adolescente, o importante é ter muitos jogos e brincadeiras para eles.
· Eventos realizados em dias da semana costumam ser em torno de 10% mais baratos. Com isso, há menos chance de o buffet ficar ocioso.
· Em média, um buffet realiza entre 15 e 20 eventos por mês. Com menos que isso, é difícil manter o negócio.
· A maior parte dos funcionários é contratada por festa. Geralmente os buffets tem quatro fixos e 18 temporários.
· Estudantes universitários que procuram um trabalho de final de semana são uma boa fonte de mão-de-obra.
· Fique atento para as tendências e modas do setor. Filmes, desenhos e programas de TV podem virar tema para festas.


Serviço:

Casa de festa infantil
Investimento Inicial: de R$ 300 mil a R$ 500 mil (reforma do ponto comercial, móveis e brinquedos)

Faturamento médio mensal: R$ 80 mil
Margem de lucro: 20%
Capital de giro: R$ 50 mil
Tempo de retorno do investimento: de 18 a 24 meses
Área: 300 metros quadrados
Número de funcionários: 25 a 30 funcionários (Dependendo do tamanho do buffet)

Em breve teremos um novo serviço na Super Brinquedos, acessoria para montar seu próprio negócio de buffet ou locação de brinquedos. Fique Ligado!

Equipe Super Brinquedos,

About these ads

6 comentários em “Como abrir seu negócio: Buffet infantil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s